Carregando...
Siga-nos nas Redes Sociais
Notícias

03/02/2021

Vereadores pedem que direitos dos servidores sejam pagos

Professores P1

Os vereadores Wilber Pitol Moura e Cristian Reis Leandro, o Cristian da ambulância, foram autores em conjunto de algumas indicações.

Eles pediram ao Poder Executivo que realize o pagamento remanescente de 50% aos Professores P1 do município. A equiparação salarial dos vencimentos do cargo com os Professores P2 começou a ser feita no ano passado, ficando para 2021 a efetivação dos 100%. “Que seja pago até retroativo a janeiro, que eu sei que não foi pago, e o restante da equiparação salarial”, disse Wilber.

Eles também solicitaram que sejam pagos todos os benefícios adquiridos aos servidores públicos municipais, como quinquênios, férias prêmio, adicional de remuneração fixado em 80% do vencimento básico do cargo efetivo conforme a Lei nº 1.870/2007. Eles defendem que esses adicionais foram concedidos antes da lei federal 173/2020 de enfrentamento ao coronavírus, não podendo assim prejudicar os servidores.

Vereador Cristian da ambulância
Vereador Cristian da ambulância

Os vereadores também foram autores de outras indicações ao Executivo. O vereador Cristian da ambulância pede que sejam instalados quebra-molas e placas indicativas de velocidade em frente ao Hospital São Vicente de Paulo e ao Lar do Idoso Frederico Ozanam, bem como a pintura de faixas de pedestres. Tais medidas visam prevenir acidentes e melhorar a acessibilidade das pessoas com grau de locomoção reduzido. Destacou que já ocorreu um acidente na localidade que acabou levando uma pessoa a óbito. 32m09 “Precisa de um quebra mola, sinalização de frente o asilo e a entrada do hospital também” 32m22

O vereador ainda pediu a notificação dos proprietários de veículos abandonados em logradouros públicos para que façam a remoção desses conforme determina a Lei nº 2.449/2014.

Vereador Wilber
Vereador Wilber

Já o vereador Wilber pede ao setor de educação que distribua as aulas do município como foi feito no ano passado. Disse que foi informado de os professores passariam a pegar duas salas. Justificou que, por mais que as aulas sejam remotas, cada série possui suas particularidades e que a união de turmas é prejudicial.

Ele também pede que a prefeitura providencie placas indicativas de nomes de ruas para os bairros que ainda não as possui. Disse que a falta de placas prejudica os bairros, pois serviços essenciais, como entrega do correio, não podem ser feitos sem elas. Lembrou que em seu primeiro mandato organizou uma parceria com o comércio local para sinalizar alguns bairros. No entanto, diante dos efeitos da pandemia ele não acha justo fazer essa solicitação ao comércio da cidade.

Wilber inclusive sugeriu que haja uma mudança na lei para receber loteamentos no município, incluindo que esses devem estar já com todas as placas de sinalização.

Veja também

PORTAL DA CÂMARA MUNICIPAL DO CARMO DO RIO CLARO
Rua Monsenhor Mário, 365 - CEP 37.150-000
Telefones: (35) 3561-3613 . (35) 3561-3730 . Telefax: (35) 3561-2390