Carregando...
Siga-nos nas Redes Sociais
Notícias

26/01/2021

Câmara aprova templos religiosos e serviços de educação física como atividades essenciais

Covid-19

Os vereadores aprovaram dois projetos de lei que tratam do reconhecimento de atividades essenciais para o município. O Projeto de Lei 004/2021 reconhece igrejas, templos religiosos, centros espíritas como atividades essenciais e o Projeto de Lei 005/2021 reconhece estabelecimentos que prestam serviços de educação física. Deste modo, esses locais permanecerão abertos independentemente da onda em que o município se encontre no Minas Consciente.

A Prefeitura justifica que templos religiosos são importantes para a comunidade pelo acolhimento espiritual que oferecem neste período de ansiedade e depressão causado pela pandemia. Já os estabelecimentos que promovem práticas de educação física ajudam a prevenir o aparecimento de doenças físicas e mentais que podem surgir como consequência das medidas restritivas.

O vereador Wilber Pitol Moura destacou que o sedentarismo prejudica pessoas com doenças que podem ser amenizadas pela prática da atividade e que estabelecimentos religiosos e de atividades físicas possuem condições de cumprir as medidas protetivas como uso de máscara e distanciamento. “Eu acho que quando o Governo de Minas, o Minas Consciente, proporcionou a abertura de bares e deixou igreja e academia fechadas, para mim, foi uma incoerência sem tamanho”.

O vereador José Joaquim Silva, Zé Pequeno, justifica que é favorável aos projetos porque a prefeitura pretende contratar mais pessoas para fazer a fiscalização. “O nosso prefeito tem que fazer uma fiscalização rígida mesmo, pegar no pé para ver se estão fazendo a desinfecção certinho e ver nas igrejas se estão aferindo a febre, o distanciamento” .

O vereador Lucas Carielo destacou que todos precisam ajudar a combater a doença e a manter a cidade em estágios melhores do Minas Consciente. “A gente está defendendo que o comércio inteiro fique aberto, mas para isso, a gente precisa seguir os protocolos. Não é o prefeito, não somos nós vereadores que vamos determinar se entra na onda vermelha ou não. O que vai determinar isso é a atitude cada carmelitano”.

Veja também

PORTAL DA CÂMARA MUNICIPAL DO CARMO DO RIO CLARO
Rua Monsenhor Mário, 365 - CEP 37.150-000
Telefones: (35) 3561-3613 . (35) 3561-3730 . Telefax: (35) 3561-2390