Carregando...
Siga-nos nas Redes Sociais
Notícias

29/04/2020

Maioria aprova retirada de GPS de novos caminhões

Prazo

Os vereadores estão se posicionando também pelas longarinas para manter o distanciamento
Os vereadores estão se posicionando também pelas longarinas para manter o distanciamento

 

A Câmara aprovou uma alteração na Lei nº2.910/2019 que trata da contratação de crédito junto à instituição financeira para compra de caminhões. A lei determinava que os veículos teriam que ser adquiridos com GPS, possibilitando um controle maior da frota. A mudança aprovada retira a obrigatoriedade do item nos caminhões.

De acordo com a Prefeitura, os encarregados não se atentaram para a exigência da lei e o processo licitatório em andamento não inclui o GPS. O Executivo justificou que a realização de uma nova licitação poderia colocar em risco a formalização do financiamento já que levaria no mínimo 30 dias para conclusão. Diante do atraso na aquisição dos caminhões, a maioria dos vereadores votou a favor do Projeto de Lei 035/2020, promovendo assim a alteração. A lei que autoriza a compra foi aprovada em 29 de julho do ano passado tendo se passado nove meses desde então.

O autor da emenda, vereador Filipe Carielo, e o vereador Juliano Alves da Silva (Pão de Queijo) se manifestaram contra a retirada do GPS e votaram contra projeto. Para Carielo, a falta do item atrapalha a questão da transparência na prestação do serviço, permitindo que o patrimônio público seja usado em benefício de particular. Ele também defendeu que a Prefeitura comprasse os caminhões à vista já que possui recurso em caixa. “Primeiro, a Prefeitura pode comprar à vista. A gente deveria, inclusive, cancelar essa lei. Deveríamos aprovar uma lei revogando essa, porque a Prefeitura já divulgou que tem dinheiro em caixa. E ao comprar o veículo, tem que comprar com esse GPS para a gente poder ter tranquilidade de saber que ele vai ser empregado onde tem que ser empregado. Os veículos são preciso, mas não vai resolver o problema do pessoal se continuar essa farra”, disse.

Os vereadores José Joaquim Silva (Zé Pequeno) e Angela Vitor foram favoráveis ao projeto, mas defenderam que é preciso colocar GPS não só nos novos caminhões, mas em toda frota do município.

Os demais também votaram a favor do projeto pensnado na necessidade da chegada rápida desses caminhões para que tenham tempo de realizar a manutenção das estradas antes do período de chuva. 

Veja também

PORTAL DA CÂMARA MUNICIPAL DO CARMO DO RIO CLARO
Rua Monsenhor Mário, 365 - CEP 37.150-000
Telefones: (35) 3561-3613 . (35) 3561-3730 . Telefax: (35) 3561-2390