Carregando...
Siga-nos nas Redes Sociais
Notcias

08/01/2020

Vereadores aprovam inclusão no orçamento

1ª extraordinária

Os vereadores aprovaram o Projeto de Lei 001/2020 que inclui no orçamento deste ano crédito advindo de operação financeira aprovada em 2019. Assim, o projeto autoriza a abertura de crédito adicional especial por excesso de arrecadação no valor de 1.200.000,00 (um milhão e duzentos mil reais) do empréstimo efetivado junto ao Banco do Brasil. O recurso será utilizado na compra de quatro caminhões toco basculante e um caminhão três quartos com carroceria de madeira e munk com adaptação para cesto.

Na justificativa do projeto, a Prefeitura destaca que este crédito foi aprovado em 2019, mas a financeira não liberou o dinheiro. Em sua primeira sessão como presidente da Câmara, Inácio Roberto Lopes (Inacinho dentista) explica a situação do PL. “Esse projeto já tinha sido aprovado através da lei 2.910/2019. Como está na motivação, o dinheiro não foi disponibilizado até o término de 2019. Então, é necessário fazer a inclusão do mesmo no orçamento de 2020. É o mesmo projeto que já foi aprovado anteriormente”.

O PL 001 foi aprovado por seis votos contra dois. Os vereadores Filipe Carielo e Juliano Alves da Silva (Pão de Queijo) votaram contra. Filipe Carielo disse que a Prefeitura divulgou no final do ano um saldo em conta de mais de três milhões de reais. Sendo assim, frisa que gostaria de saber o motivo pelo qual o Executivo pretende fazer um financiamento se possui o dinheiro para pagar os caminhões à vista. “O prefeito está falando que tem dinheiro em caixa, vai comprar a prazo por quê? Eu não estou entendendo aonde a administração pública quer chegar com esse tipo de projeto, insistindo no empréstimo”.

De acordo com informação trazida pela vereadora Angela Vitor, os caminhões já foram comprados e a Prefeitura aguardava a aprovação do projeto para efetuar o pagamento. “Precisa incluir esse dinheiro que foi liberado da financeira no orçamento de 2020, mas os caminhões já foram comprados. Só estão esperando a nossa aprovação para efetuar o pagamento. E nós precisamos desses caminhões, viu gente. Está lá a zona rural inteirinha para ser cascalhada e não tem caminhão”.

O vereador Juliano Pão de Queijo pediu vistas ao projeto, mas o pedido foi reprovado. Ele queria ir até a Prefeitura entender os motivos da não-liberação do empréstimo no ano passado. “Pra gente poder correr atrás e ver realmente porque que esse projeto, idealizado com tanta urgência em 2019, não foi executado”.

O vereador José Joaquim Silva (Zé Pequeno) acredita que deve ter ocorrido algum problema que atrasou a liberação e destacou a necessidade da aquisição dos caminhões. “Deve ter acontecido alguma coisa e por isso não fez essa licitação, esse empenho. Agora, ficar sem caminhão também, não dá. A prefeitura tem que comprar os caminhões. Então, não adianta ficar nesse impasse. De um jeito ou de outro o caminhão vai ser comprado”.

Já o vereador Paulo Marcelo Silva (Paulão) salientou que foi um problema com a financeira. “O problema foi a financeira que não liberou o dinheiro para o pagamento. O dinheiro já foi financiado, foi aprovado o projeto. A única coisa que está acontecendo é que nós estamos passando o um milhão e duzentos que estava no orçamento de 2019 para 2020”.

Os vereadores João dos Reis Vilela (João do Tiãozão) e Sandro Deoclécio de Oliveira (Sandro Pescador) também falaram sobre a necessidade desses caminhões para realizar o trabalho de manutenção das estradas rurais. “Precisamos urgente desses caminhões, já estão atrasados. Está encascalhando a serra e tem só um caminhão puxando. E a dificuldade que está tendo lá para puxar cascalho’, disse João do Tiãozão.

Também sou favorável, já foi votado esse projeto e já era para ter chegado. É uma situação muito difícil, está descontrolado. Ontem estivemos no Mandembo, não tem onde pôr mais buraco”, falou o vereador Sandro Pescador.

Projeto de Lei 051/2019, que trata da concessão de reajuste dos vencimentos aos servidores públicos municipais, foi retirado de pauta. O Prefeito solicitou sua devolução até a divulgação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Veja tambm

PORTAL DA CMARA MUNICIPAL DO CARMO DO RIO CLARO
Rua Monsenhor Mário, 365 - CEP 37.150-000
Telefones: (35) 3561-3613 . (35) 3561-3730 . Telefax: (35) 3561-2390