Carregando...
Siga-nos nas Redes Sociais
Notícias

14/12/2018

Projeto autoriza prefeitura a construir uma Unidade Básica de Saúde Animal

ASF

Os vereadores aprovaram em primeira votação o Projeto de Lei 039/2018 que autoriza a Prefeitura a construir uma Unidade Básica de Saúde Animal Municipal no canil da Associação São Francisco Protetora dos Cães (ASF). O projeto é uma iniciativa da vereadora Angela Vitor, que busca auxiliar o trabalho desenvolvido pela ASF que cuida de animais em condição de abandono.

Esta clínica veterinária, de acordo com a vereadora Angela, serviria à ASF e aos munícipes que não possuem condições de pagar um atendimento para seus animais. Oferecendo consultas, vacinação, castração para cães e gatos, minimizaria o número de animais abandonados. Sabendo das condições financeiras do município, Angela sugere que a Prefeitura realize parcerias com universidades que oferecem o curso de veterinária. “Tem um artigo que autoriza, pede, para que o Executivo vá buscar parcerias nessas universidades de veterinária, que traga para o município estagiários. Não é para que ele gaste dinheiro do município – que já não tem, mas que busque parceria com as universidades trazendo estagiários para essa unidade básica de saúde animal”.

A vereadora disse que este é um primeiro passo para iniciar um trabalho em prol da defesa e proteção dos animais.

O projeto foi bem recebido pelos vereadores que frequentemente pedem que a Prefeitura apoie a Associação. O vereador João Paulo de Castro Ferreira disse que uma parceria entre os dois órgãos beneficia os animais e a população. “Que busque uma parceria junto à Associação São Francisco, porque a Associação é para cuidar dos animais feridos. Eventualmente, a partir desse projeto da senhora, pode ser feita uma parceria coma Associação São Francisco e aumentar o convênio do objeto para que ela possa receber uma subvenção e receber esses animais de rua”.

No projeto, a vereadora destaca que cuidar dos animais é cuidar também da saúde pública, pois animais em situação de abandono contribuem para disseminação de doenças.

Outras medidas

Para diminuir o número de animais nas ruas, o vereador Paulo Marcelo Silva (Paulão) sugeriu que os animais recebam chips de identificação. Assim, caso venha a ser abandonado, por meio do chip, o dono pode ser encontrada, multado e ser chamado à responsabilidade de cuidar do seu animal.

O vereador Filipe Carielo voltou a solicitar que a Prefeitura requisite o castramóvel da Associação dos Municípios da Microrregião do Médio Rio Grande (Ameg) para realizar a castração dos animais de rua. Esta ação ajudaria a diminuir o número cães pela cidade.

Veja também

PORTAL DA CÂMARA MUNICIPAL DO CARMO DO RIO CLARO
Rua Monsenhor Mário, 365 - CEP 37.150-000
Telefones: (35) 3561-3613 . (35) 3561-3730 . Telefax: (35) 3561-2390