Carregando...
Siga-nos nas Redes Sociais
Notícias

28/06/2018

Falta de máquinas prejudica conservação de estradas em CRClaro

Os vereadores aprovaram a aquisição de um financiamento que será utilizado para compra de maquinário

Atendendo convocação do vereador Juliano Alves da Silva (Pão de Queijo), o responsável pelo departamento de estradas rurais, Sr. João Batista Neves, respondeu questionamentos sobre as estradas da região do Taquaral.

Os vereadores Juliano Pão de Queijo e Sandro Deoclécio de Oliveira (Sandro Pescador) encaminharam à Prefeitura, na semana passada, um abaixo-assinado dos moradores pedindo a manutenção das estradas, que, de acordo com informações, não é realizada há dois anos.

Pão de Queijo iniciou perguntando se essa informação procede. João Batista disse que o município segue um cronograma de trabalho, mas a Prefeitura encontra dificuldade em atender toda área rural devido ao número reduzido de maquinário. Respondeu que uma manutenção foi realizada em novembro e dezembro de 2017, mas não atendeu toda a região, porque as máquinas precisaram ser deslocadas. Disse que era período de chuva e as estradas por onde transitam veículos escolares precisavam de reparos.

Questionado por Pão de Queijo sobre quando as máquinas farão o serviço nas comunidades do Taquaral, Santa Rosa, Monte Cristo, Monte Verde, Itapiché e arredores, o servidor público disse acreditar que, até o dia 15 de julho, o maquinário esteja pronto para atender a região.

Os vereadores perguntaram também sobe os mata-burros que estão danificados. O servidor da Prefeitura disse que a intenção é retirar aqueles que não têm mais serventia, por estar localizados entre corredores. Informou também que o município está pleiteando 21 mata-burros para trocar aqueles que precisam ser mantidos.

Os demais vereadores aproveitaram a presença do funcionário para refazer as diversas indicações já feitas para essa área, que contemplam todos os bairros rurais do município. Juliano disse que convocar o responsável pelo setor foi um modo de tentar fazer com que essas demandas sejam ouvidas. “A gente pediu para você vir aqui hoje, porque a gente está cansado de pedir para que o serviço seja feito com indicações. A gente não tem o poder de mandar, como tem o prefeito de exigir que o serviço seja feito”, disse.

 

Veículos parados

Os vereadores Juliano Pão de Queijo e Sandro Pescador foram ao almoxarifado da Prefeitura, onde verificaram a existência de muitos veículos parados por falta de peça, incluindo máquinas que poderiam estar trabalhando nas estradas.

O vereador Sandro disse que não são veículos apenas desta gestão e destacou: uma van parada desde 2011; uma retro, desde 2012; uma retro, desde 2014 e a doblo que era da Câmara Municipal que está servindo como pouso para passarinho. Diante do cenário que encontrou, o vereador pede aos represententes da cidade que tenham mais cuidado e zelo com o dinheiro público.

Vereador Sandro mostra máquina parada
Vereador Sandro mostra máquina parada

 

Juliano Pão de Queijo acrescentou que ficou chateado com a quantidade de veículos parados. Disse que chegou a repensar a aprovação dos dois milhões para comprar mais maquinário já que encontram-se paradas no almoxarifado uma patrol, uma retroescavadeira e uma esteira que poderiam estar sendo utilizadas nas estradas. Sobre o tema, João Batista informou que já foi solicitada a retífica dos motores para colocar as máquinas em funcionamento.

Mesmo assim, Pão de Queijo fez um requerimento solicitando um relatório contendo todos os veículos do município que estão inativos, informando os motivos e por quanto tempo estão parados. Se for por falta de peças, o vereador pede que seja informado quais são necessárias para que os veículos voltem a funcionar.

Doblo que era da Câmara
Doblo que era da Câmara

 

 

Aquisição de maquinário

Por sete votos contra um, os vereadores aprovaram o projeto de lei 045/2018, enviado pela prefeitura, que cria dotação orçamentária para contratação de operação de crédito junto ao Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG). O financiamento no valor de R$2.000.000,00 (dois milhões) será utilizado para aquisição de maquinário.

Apenas o vereador Filipe Carielo foi contra o projeto. Justificou que não é contra a compra de maquinário, mas contra a operação de crédito para contrair empréstimo nesse valor. “É isso que está sendo deliberado aqui hoje, se a Prefeitura pode ou não contrair um empréstimo de dois milhões de reais. Se vier um projeto ou qualquer coisa no sentido de compra de maquinário de uma forma diferenciada ou, então, se a gente visse que a Prefeitura não está gastando com uma área que não deveria, como o exemplo do carnaval, eu seria a favor”, justifica Filipe.

Os outros vereadores acreditam que esse financiamento vem atender a uma necessidade do município, que possui vasta quantidade de área rural, e precisa oferecer estradas de qualidade aos moradores que dela precisam.

Veja também

PORTAL DA CÂMARA MUNICIPAL DO CARMO DO RIO CLARO
Rua Monsenhor Mário, 365 - CEP 37.150-000
Telefones: (35) 3561-3613 . (35) 3561-3730 . Telefax: (35) 3561-2390