Carregando...
Siga-nos nas Redes Sociais
Notícias

01/03/2018

Demora na devolução da balsa incomoda vereadores

Vereadores estão fiscalizando entrega

Antes mesmo do retorno dos trabalhos no Legislativo, os vereadores Juliano Alves da Silva (Pão de Queijo), Angela Maria Souza Vitor e Sandro Pescador Oliveira já buscavam a volta da balsa do Itapiché que está em manutenção desde o final de 2017. Eles estiveram várias vezes no Porto dos Pena, onde receberam informações de que os reversores da embarcação haviam sido retirados para serem instalados nas balsas de Delfinópolis e de Araúna.

Durante o mês de fevereiro, eles acompanharam os procedimentos de Furnas para conseguir novos reversores para a embarcação do Itapiché. Por mais de uma vez estiveram em uma retífica, na cidade de Passos, que estaria providenciando as peças. No entanto, os vereadores estão recebendo informações desencontradas e têm a impressão de que estão sendo enganados. “Os reversores que nós vimos hoje sucateados lá naquele chão, aquele monte de ferro, tudo sujo, não são os mesmos que estavam na bancada na semana passada. Os reversores que estavam na bancada semana passada já estavam limpinhos, arrumadinhos esperando chegar uma peça de Ribeirão que estava faltando. Mas a peça que eles disseram que estava faltando estava em cima da bancada”, disse a edil Angela.

Diante desses desencontros, os vereadores pediram ao Prefeito que interceda junto à Furnas para que a empresa retire os reversores da balsa do porto Pontalete, na cidade de Três Pontas, que está parada por causa do baixo nível de água, e os instale na balsa do Itapiché que está fazendo falta no município.

O vereador Juliano Pão de Queijo informou que balsa não precisava ter sido removida do porto do Itapiché, pois os reparos a serem feitos eram pequenos. Disse que as informações desencontradas repassadas por Furnas fazem com que eles passem por “mentirosos” frente aos usuários que estão precisando do transporte. Juliano disse que, se Furnas não quiser disponibilizar a balsa, o caso terá que ser encaminhado ao Ministério Público. “Se for de direito dos moradores do lado de lá da represa terem o uso da balsa, a justiça vai designar isso. Agora fica um jogo de empurra-empurra, entrega em novembro, entrega em dezembro, agora 30 de março”, desabafou Juliano.

 

Veja também

PORTAL DA CÂMARA MUNICIPAL DO CARMO DO RIO CLARO
Rua Monsenhor Mário, 365 - CEP 37.150-000
Telefones: (35) 3561-3613 . (35) 3561-3730 . Telefax: (35) 3561-2390