Carregando...
Siga-nos nas Redes Sociais
Notícias

20/10/2017

Frigorífico de peixes de Carmo do Rio Claro não deve operar

Construção fica perto de nascente e córregos

O vereador Sandro Deoclésio de Oliveira informou que o frigorífico de peixes da cidade não deve ser posto em funcionamento e que o prédio deve ser utilizado para outra finalidade. A decisão foi tomada em reunião que contou com a presença do vereador, Prefeito Sebastião Cezar Lemos, Diretores dos Departamentos de Meio Ambiente e Desenvolvimento Local, representantes da Emater e da Apescarmo.

Como o prédio foi construído em uma área que está ao pé da Serra da Tormenta, próxima a nascente e córregos, o terreno dificulta a instalação de um espaço para realizar o tratamento de efluentes gerados no processamento do pescado, o que é uma exigência ambiental.

De acordo com a Diretora do Departamento de Meio Ambiente, Mª Angela Pereira, há uma forma de se instalar este tratamento, mas o investimento seria muito alto – próximo de um milhão – e não há garantias de que a obra seria liberada para funcionar.

O vereador Sandro Pescador mostrou-se indignado com a situação já que vem sendo feito um trabalho intenso, desde o início da legislatura, para terminar as obras e colocar o frigorífico em funcionamento. Para ele, isso tinha que ter sido detectado antes, pois aí não haveriam tantas mobilizações em vão. “Perdemos mais uma parada. Então, que eles façam de lá um lugar que possa ser utilizado para servir o município. Que não fiquem enganando a gente mais. Graças a Deus que nós descobrimos em tempo”, antes que mais dinheiro público fosse investido, frisa o vereador.

Autoridades reunidas em prol da abertura do frigorífico, no dia 27 de março deste ano.
Autoridades reunidas em prol da abertura do frigorífico, no dia 27 de março deste ano.


Diante da decisão de não investir mais no local, já que o risco de não aprovação da obra é alto, os representantes da cidade estão buscando formas de colaborar com os pescadores do município. Estão reunindo-se com as autoridades competentes para tentar utilizar esse recurso para a compra de um caminhão-baú, que poderia transportar os peixes vivos até o frigorífico da cidade de Cássia, ou investir em outros meios que favoreceriam o tratamento do pescado.No dia 27 de março deste ano, uma reunião mobilizou o Deputado Estadual Emidinho Madeira, o Presidente da Emater, Glênio Martins, o Coordenador Regional da Emater, Frederico Ozanam de Sousa, e autoridades locais em prol da abertura desse frigorífico. Inclusive, já existe uma previsão de recurso no valor aproximado de R$450 mil que seriam investidos na conclusão da obra, por meio do Governo Estadual.

Quanto ao maquinário, que foi doado ao município por meio da Associação dos Pescadores (Apescarmo), deve ficar à disposição da Emater e dos associados, disse o vereador Sandro Pescador.

Veja também

PORTAL DA CÂMARA MUNICIPAL DO CARMO DO RIO CLARO
Rua Monsenhor Mário, 365 - CEP 37.150-000
Telefones: (35) 3561-3613 . (35) 3561-3730 . Telefax: (35) 3561-2390