01/04/2021

Assuntos de urgência são tratados em reuniões

Saúde e economia

Banco do Brasil
Banco do Brasil

O presidente Antônio Marcos Esteves (Marcos do Joaquim Batista) participou de algumas reuniões urgentes na tarde dessa quarta-feira (31). Dois temas importantes foram discutidos, sendo que o primeiro busca o desenvolvimento de um plano para melhorar a economia de pequenos e médios produtores do município e o segundo é uma questão de saúde.

     O presidente Marcos do Joaquim Batista recebeu o novo gerente da agência carmelitana do Banco do Brasil, Márcio Ferraz de Araújo, e o funcionário aposentado, Jorge Soares da Silva. Eles apresentaram a intenção da agência de intensificar o convênio que já existe com a Emater, de ampliar as linhas de crédito para que pequenos e médios produtores possam investir em seus negócios e de trazer para o município o programa de piscicultura.

     Para que o último plano seja desenvolvido, a outorga para utilização do Lago de Furnas é necessária. Assim, o presidente da Câmara vai trabalhar na organização de uma reunião em que participem, além de representantes do Poder Executivo e da Emater, os deputados que atuam na região.

 

Hemodiálise

Pacientes da hemodiálise
Pacientes da hemodiálise
Pacientes da hemodiálise

Outra reunião, da qual participaram também os vereadores João dos Reis Vilela (João do Tiãozão) e Carlos Antônio Ferreira (Carlinhos da padaria), tratou do problema que oito pacientes da hemodiálise estão tendo. O horário em que eles faziam o tratamento na Santa Casa de Passos foi mudado pela Secretaria Municipal de Saúde e isso vem trazendo transtornos para o cotidiano deles.

     Durante a reunião, eles disseram que, com a alteração do horário da manhã para a tarde, estão chegando muito tarde em casa. Além disso, alguns pacientes precisam retornar no outro dia pela manhã para outros tratamentos e a mudança de horário tornou a rotina desses pacientes ainda mais exaustiva, já que eles não têm o período da tarde para descansar.

     Deste modo, esses pacientes pediram aos vereadores que agende uma reunião com o prefeito Filipe Carielo para tentar reverter essa alteração.